Blog

Sobre

Indicação

Clínica

Contato

VIVENDO E APRENDENDO Ao observarmos nosso dia-a-dia o dito “Vivendo e Aprendendo” é tão comum entre nós. Porém, me pergunto: será que, realmente, sabemos o que significa em nosso viver? E o que é viver? As respostas são as mais variadas possíveis. São subjetivas, também. Pois, cada um de nós tem o seu próprio jeito de pensar e sentir a vida. E aprender é o quê? Penso que as respostas serão também as mais diversas possíveis e, de acordo com cada experiência de vida. Vamos fazer algumas colocações... Viver é estar numa rede de relacionamentos, é considerar-se um “eu” pertencente a um grupo ocupando um lugar único. É tornar-se humano a cada dia e, um hu-

 

 

mano melhor, capaz de se amar e amar o outro. Viver é experimentar aquilo que, inusitadamente, se apresenta diante de nós. Em se tratando de aprender, podemos dizer que é uma experiência fantástica onde construímos um saber que nos permite viver. O processo de conhecer o desconhecido, de tomar consciência, de sentir-se capaz... Penso que, assim podemos refletir que, realmente, viver e aprender estão intimamente ligados entre si. Só pode viver quem se permite aprender e, só pode aprender quem se considera ativo no mundo do viver. Para viver, precisamos aprender e, para aprender precisamos nos sentir vivos. Toda semana, exatamente na quinta-feira, escuto dentro de um grupo de auto e mútua ajuda o seguinte: como vai você? O grupo responde: cada vez melhor... Eu fico com os meus pensamentos: eles respondem assim porque se sentem vivos e capazes de aprender. Sempre é tempo de se permitir olhar para um novo horizonte, realizar projetos, conquistar algo de muito especial, fazer do seu viver uma marcante história de vida. Para isso, não é necessário ser jovem de idade. É necessário ter o desejo de viver intensamente.